Dia da Empregada Doméstica

Descobri que dia 27 de abril é o Dia da Empregada Doméstica!
Pensei nas várias formas que posso comemorar este dia: ligando para todas as minhas ex-empregadas e agradecendo o quanto a presença delas na minha vida me fez amadurecer a decisão de não ter mais empregadas. Fazendo uma enquete para saber se alguma delas conseguiu arrumar uma chefe tão legal e tão babaca como eu (e ouvir o arrependimento do que fizeram comigo).

Entrei no Google e digitei o assunto “sem empregada” para saber se meu blog aparecia (ego é f…) e lá estava ele, na primeira página! Alguns outros blogs me chamaram a atenção. A coisa mais curiosa é que todos eles se referiam a pessoas dizendo que não vivem sem empregada. Apenas um (“vida de solteiro sem empregada”) cogitava a possibilidade de ter a vida que eu estou levando. Gente, quero deixar claro aqui, minha vida está MUITO melhor agora, minha casa está SUPER organizada. Eu fiz um bolo na segunda-feira passada e ele durou seis dias, isto é um milagre! Antes, não durava 24 horas!!

Neste final de semana recebi a equipe especializada em limpeza, para fazer a faxina geral. A casa ficou, literalmente, de cabeça para baixo. Vi os fundos de sofás, mesas, cadeiras, camas etc. Mas não é moleza total. Eu tive que dizer tudo que eu queria que os dois fizessem. No meu quarto, acho que minha cama, que é um caixote de madeira, nunca foi tirada do lugar… morri de vergonha da lixarada que estava embaixo dela. Começamos às 8h30, pela piscina, e terminamos às 18h, na sala.

Hoje tive a notícia de que minha sogra virá morar em Brasília no final do ano. Ela já falou isto algumas vezes, mas sempre dá pra trás na hora H, com o argumento de que não daria certo, por minha causa… mesmo que ela não venha, novamente, sei que este dia está perto, pois ela só tem o Jorge e está ficando muito velha pra ficar só. Como meu marido conhece o temperamento dela, já acertou que ela não mora conosco de jeito nenhum. Vai alugar um apartamento na Asa Norte, para onde a maior parte da nossa vida se transportou, desde o fim da empregada. Na Asa Norte estão o colégio das meninas, a academia de ginástica da família, o Kumon e o inglês da Tita, o Pão de Açúcar, a costureira, o sapateiro, os restaurantes onde almoçamos, enfim, tudo, exceto ver televisão e dormir! hahaha!

8 Comentários

Arquivado em Uncategorized

8 Respostas para “Dia da Empregada Doméstica

  1. Flavia P Carvalho

    Amiga, adorei sua foto com as meninas ficou LINDAAA !!!
    Com relação ao Dia da Empregada Doméstica só vou fazer um comentário … É impossível comemorar tal dia pois estamos sempre aborrecidas com alguma coisa que elas tenham feito ou que tenham feito diferente de nós.
    Só comemorarei tal dia quando “Eu” não for mais a empregada delas pois tenho sempre que refazer alguma coisa , colocar as compras no lugar pq elas colocam os novos na frente deixando os mais velhos pra trás e com isso jogava fora alimentos vencidos, arrumo as roupas passadas pois elas guardam meia junto com calcinha, blusa de frio com regatas e por aí vai não conseguia achar nada sem falar no Quarto da Bagunça ou Armário da Bagunça aquele que colocamos tudo que não queremos mais mas não temos coragem de dar e assim guardamos para algum dia usarmos novamente este realmente vira uma bagunça pois elas “tacam” uma coisa em cima da outra sem pelo menos encaixar. Sou eu quem digo que comida fazer e como fazer apenas não coloco a mão na massa e assim vai “EU” a empregada da casa que cuida do uniforme do filho, da roupa de cama e banho, da comida, da arrumação, de tudo …preciso guanhar uma comemoração, um presente. Que tal falarmos com nossos maridos???
    Acredito que podemos até ganhar aquele aspirador de pó de última geração pois é em presente pra casa que eles pensarão.
    Bjs
    Flavia

  2. carmem aguiar

    adorei a foto, o blog inteiro ficou muito legal..
    os textos de vcs dois são maravilhosos, me divirto lendo.. só infelizmente não posso concordar que é bom viver sem empregada… nossa preciso da minha como minha vida, aliás não sou nem eu quem precisa, quem precisa mais são os cachorros que quando viajo ela quem vai dar comida !!!! kkkk e tb convivo bem,porque não cozinho em casa, ela não cuida da duda, é praticamento só uma faxineira, tb acho que se convivesse ia enlouquecer…
    foi bom saber a data, dia 27 vou comprar um presente pra fofa !!!!! kkkkk
    bjs
    carmem

  3. semempregada

    Carmen,
    você não tem uma empregada, você tem um caseiro que faz faxina! Eu também não abri mão do caseiro/motorista, pois preciso de alguém que cuide do quintal e dos cachorros. Com as mudanças, ele não entra mais na casa, o que foi muito bom também, pois ele era abusado demais, abria a geladeira e comia o que queria… depois colocava a culpa na empregada, e vice-versa. Mas a nossa realidade é outra, nós moramos em casa, a maioria mora em apartamento, sem cachorro.

    Flávia,
    não tinha pensado em pedir um presente! Mas acho que, no meu caso, como o Jorge está ajudando MUITO, ele vai querer um presente também!

  4. Jorge, o marido

    Me interna no hospício no dia em que eu der um presente “(in)utilidade doméstica” para minha mulher…
    Presente é algo pessoal…
    Mas eu dispenso algo caro…
    Na verdade, Andreia sabe bem o tipo de presente que me agrada, pois tem só duas letrinhas e é facílimo de decorar… Mas, para usar, é preciso ter uma certa malícia, o jeitinho certo de fazer as coisas, entende???

  5. silvia

    Se tinha alguma duvida quanto a ficar sem empregada agora nao tenho mais. As que tive (e a que tenho ate hj) foram terriveis. Senti que estou perdendo o controle da minha propria casa. Ela troca tudo de lugar, como acha melhor. Detalhe//; almoça antes de mim (alomoço que eu faço pela manha) pq senao fica tarde pra ir embora. Passa o dia pergunta a hr pras criancas. Sem contar que toda manha chega contando uma tragedia, daquelas que acabam com seu “bom dia”. Come tudo que ve sem pedir esconde as embalagens, e usa 02 pedras de sabao em pedra por dia. Será que come sabao tbem. Hoje acabo com isso . Agora é comigo, do meu jeito limpinho de ser. abraços ….

  6. semempregada

    Silvia, seja bem vinda!
    Vou tirar a poeira deste site graças a você! É que eu não escrevo nada desde que estava para sair de férias. Já voltei de férias há dois meses e não tinha retomado o ritmo… lendo seu comentário, senti novamente toda angústia de viver com empregadas mentindo e trabalhando mal em tempo integral. Não será fácil, acredite, mas é viável. Quando alguma coisa nesta nova rotina me abala, rapidamente rememoro tudo que vivia quando tinha empregada em casa, e a irritação vai embora!

  7. Ana

    Caraca, e eu que pensava que a falta de sorte era só minha! A minha empregada “adoece” todo sábado – e nem trabalha os domingos! – e faz todo o resto que todas as outras aqui citadas fazem. Sem falar que estraga as roupas qdo. lava ou passa, não sabe cozinhar nada… o problema é que trabalho fora, sou filha única, órfã de pai e mãe e tenho uma garota de 07 e outra de 02 anos. Detalhe, em minha cidade (quase “zinha”) as creches-hotéizinhos liberam as crianças às 11 pela manhã ou às 5 e meia da tarde… parece novela mexicana, mas não é. É tudo verdade, juro. Já pensei em ficar só com babá e diarista, mas vendo o que certas babás andam fazendo por aí… E então, Sílvia, alguma sugestão para essa sua nova amiga (quase) desesperada? Beijos.

  8. semempregada

    Oi Ana!
    Desculpe a demora em lhe responder, pois com esta vida de executiva e doméstica sobra pouco tempo para as amenidade… hehehe.
    Como você tem filho pequeno, não tem solução, pois as empregadas são essenciais para quem não tem pais por perto, como é o seu caso e o meu. Quando eu tinha empregada, certas coisas eu não deixava elas fazerem de jeito nenhum. A primeira é entregar na mão delas roupas caras. A tática era: se não vou poder pagar a lavanderia, não comprarei! Fazia o mesmo com louças caras, não deixava elas lavarem nenhuma. Parece bobagem, mas este tipo de medida diminui muito o atrito. Cozinha não tem jeito. A minha última empregada não cozinhava mais pra mim, só para o resto da casa. Eu preferia perder tempo em fazer minha comida, do que comer aquela porcaria. Com relação às faltas, ela traz atestado? Já pensou em descontar o dia se não trouxer?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s