Minha ex-faxineira

Agora no mês de março comemoro um ano sem empregada. O aniversário veio numa data difícil, pois estou abarrotada de trabalho e tenho dado pouca atenção às tarefas do lar.

Acordei hoje e dei de cara com o cachorro pequeno lá de casa dormindo embolado nas cobertas da Vavá. E roncando igual a um porco! Não sei como ela consegue dormir com o barulho que ele faz. Pior: o cachorro estava cheio de lama. Resultado: quando chegar hoje em casa terei que trocar as cobertas do colchão dela…

Dispensei a faxineira lá de casa. Decidi que não vou aguentar coisas que me incomodam e ela conseguiu chegar no meu limite mais rápido do que eu esperava. Tudo começou no feriado de Carnaval. Na Quarta-Feira de Cinzas era dia dela fazer a faxina no meu escritório. Como eu estava viajando e não teria expediente lá, pedi para o motorista ficar com a chave, esperando ela chegar. Não chegou. E também não deu a menor satisfação.

Na semana seguinte, o motorista foi perguntar o que aconteceu e recebeu uma saraivada de ignorâncias. Ela chamou ele de burro para baixo, por não ter combinado com ela. Ou seja, a patroa é ela. O motorista só respondeu que cumpria ordens minhas e não dela.

Bom, na semana seguinte, o motorista ficou nos ajudando a distribuir ovos de páscoa de um cliente do escritório, o que fez com que ele chegasse mais tarde lá em casa para buscá-la. Deixa eu explicar melhor. Moro num lugar que não tem ônibus, van ou carroça. Então, ou o trabalhador anda 40 minutos até o ponto mais próximo (a maioria faz isto), ou tem um patrão como eu, que fornece motorista para levar e buscar.

Voltando ao entrevero. Ele chegou tarde para buscá-la. Foi um fusuê. A mulher deu um ataque de pelanca e deixou um bilhete pra mim dizendo que aquele horário não dava pra ela. Como eu já estava de saco cheio mesmo, disse que tinha visto o bilhete e que não havia problema, pois eu já tinha arrumado outra faxineira lá pra casa (mentira, era só pra ela não querer voltar atrás). Saiu calada neste dia.

Ontem, no meio da manhã, recebo um telefonema dela dizendo que “nossa amizade” não era de agora, e que eu podia flexibilizar o motorista, mandando buscar ela mais cedo. Eu expliquei que o que tinha acontecido não foi de propósito e que eu não podia garantir que não fosse acontecer novamente, pois dependo dos meus clientes para pagar os salários de todos, além de minhas contas.

O pior mesmo foi quando eu expliquei que a demora tinha sido por conta da distribuição dos ovos de páscoa. Ela retrucou perguntando se não podia deixar para entregar outro dia. Eu expliquei que a agenda de senadores, deputados e do presidente da república (algumas das autoridades que receberam os ovos naquele dia) não estava condicionada a agenda dela. Mas ela não se fez de rogada, continuou argumentando que não era possível que eu tivesse compromissos demorados no dia da faxina dela. Expliquei que tenho compromissos demorados TODOS os dias! E finalizei aquela conversa absurda dizendo que o problema é que ela achava que o mundo girava em torno dela.

Agora eu começo uma nova etapa, a busca por uma nova faxineira…

42 Comentários

Arquivado em Uncategorized

42 Respostas para “Minha ex-faxineira

  1. Anna Salles

    Mãe, já estava mesmo na hora de nos libertarmos dela. Ela apenas estava se escondendo com pose de boazinha, e mostrou as garras quando pôde. E esse tipo de gente, é aquele que queremos bem longe.
    Ótimo post.
    Beijos, tita.

  2. carmem aguiar

    mas esta sua filha é um espetáculo mesmo ! vê que comentário? perfeito ! as meninas entendem mais da alma humana que nós…
    pelo visto o problema com a fachineira é que vc tratava ela bem demais… colocou motorista pra fofa, ela agora só queria a boa mordomia, e ai de vc que faltasse com ela ! kkkk tem que rir destas pessoas que acham que ganhar dinheiro é fácil, a gente é que sabe como é duro ralar, aturar clientes, fazer social com quem não gostamos e ainda cuidar de casa, filho, marido !!!
    mas a história que eu mais gostei foi o filhote dormindo nas cobertas !!!! ahhhh como eu vivo isso diariamente com meu labrador monstro que pula a janela e fica dormindo na cama da duda !!! kkkk
    adorei o texto mais uma vez.. escreva sempre..
    bjs
    carmem

  3. Leila

    Parabéns pela atitude, manda embora mesmo… e sobre limpar embaixo do sofá, me lembrei do dia em que descobri que a minha assistente não passava nem uma vassoura debaixo dos móveis. Era uma sexta, cheguei em casa podre de cansaço, me joguei no sofá e vi meu gatinho branco saindo debaixo dele igual a uma cobrinha… preto!!! Marrom!!! Coberto de poeira!!! rssss Agora eu dou risada, mas no dia fervi de ódio. um abraço a todos.

  4. Suzana

    Ai, Andreia, vc deu muita trela para ela. Eu não chegaria nem na metade do diálogo… Eu, hein?! “Não deu e pronto. Não tá satisfeita? Bye…..”

  5. Claudia

    A-DO-RE-I seu blog.
    Nem lhe conheço, mas parece que você está falando de mim. Gente, acho que já tive umas 30 empregadas e faxineiras. Acho que mais até. Mas lendo seu blog, estou me animando para mandar minha atual empregada embora definitivamente. Como você disse, tem gente que acha que o mundo gira ao redor de seu umbigo. A minha também é assim: não dá bom dia a ninguém, de cara amarrada o tempo todo. Arruma a casa, cozinha e faz tudo, é verdade. Mas sabe quando a pessoa faz tudo com uma cara de “estou fazendo porque sou obrigada”? Credo. Vou mandar ela embora, está decidido. Valeu, obrigada pela inspiração. Beijos, Claudia (Aracaju/Sergipe). (Ah, vou recomendar o seu blog para um monte de gente que vive esse dilema. É muita gente mesmo).

    • semempregada

      Oi Claudia!
      Seja bem-vinda! Posso lhe dizer que a decisão de ficar sem empregada tem que ser muito planejada, senão poderá lhe causar uma frustração muito grande. Primeiro: você tem filhos pequenos? Se tiver, eles terão que ficar o dia todo na escola, ou em aulinhas no horário alternativo a escola. Segundo: Você mora em casa ou em apartamento? Se for casa, terá que contratar uma faxineira, pelo menos, de 15 em 15 dias, senão pesa muito, pois casa dá mais trabalho. Terceiro: Onde vocês comerão? Lá em casa almoçamos todos em um restaurante a quilo, perto do meu trabalho. O preço dele compensou as compras de supermercado. Seja qual for sua decisão, o importante é não se estressar e todos colaborarem em casa, arrumando o que é seu.

  6. Beth

    Estou desde ontem pensando em como me organizar pra mandar a empregada embora. Buscando sugestões encontrei teu blog. Maravilha! Que bom saber que há mais pessoas que mesmo trabalhando fora, resolvem abrir mão desse tipo de “ajuda”. Embora proceda legalmente com todas as que tive, não encontrei nenhuma com disposição de cumprir com o seu dever puro e simples.
    Essa de

    • semempregada

      Oi Beth!
      Seja bem-vinda!
      Realmente é muito difícil falar a mesma língua das empregadas domésticas, por isto eu abri mão delas. Você falou uma coisa muito importante, tem que se organizar para passar a não ter.

    • bia

      ela vai adorar ser mandada embora deve ser isso,ta pedindo p ir embora deve ta de olho em outro trabalho,gente se liga o brasil nao vai ter mais empregada ninguem gosta de ser empregada,o brasil vai ser igual a europa sem empregada,ter uma empregada so p muito rico q pague bem e olha lá…

  7. marialua

    Emprega, ruim com elas, pior sem elas…
    Empregada, como sabê-las, se não tê-las…

  8. Ceissa

    Meninas olha só essa, a minha empregada pediu demissão e eu como tenho filhos já grandes, resolvi comprar um robô que limpa e lava o chão sozinho, minha casa é de três pavimentos, o robozinho é uma maravilha, deixo ele limpando o chão e quando chego está tudo limpo, pedi essa semana uma máquina de passar roupa daquelas novas que tá tendo propaganda agora, você coloca a roupa dentro dela já no cabide e ela passa doze peças em trinta minutos, já tenho uma máquina de lavar louça daquela nova da eletrolux que lava queé uma beleza lava com jato de água quente, até as panelas saem limpas, só uma panela mais dura ou outra que tem que tirar alguma sujeira que sobrou na pia mesmo, contratei uma faxineira uma vez por semana para fazer comida para a semana inteira deixo nas vazilhas no frizer e tá tudo indo muito bem, arrumo pouquíma coisa, ou seja o mercado de empregada doméstica parece que vai acabar em pouco tempo. Estou tentando encontrar uma máquina de fazer comida dessas que você programa igual a máquina de fazer pão, quando eu achar adeus faxineira também.
    Ceissa.

  9. Elaine Araujo

    Bom dia flor,parece que deste mal todas nós padecemos.
    eu tenho 27 anos e estou no meu 2* casamento,no primeiro meu fez fez a besteira de contratar uma mulher pra trabalhar em casa,na época eu estava grávida.
    aiaiai eu cheguei á um ponto de entrar no seguinte dilema com meu marido,ou mandava ela embora ou eu a matava.
    pois ela chegava tarde em casa,levava a filha,comia e deixava a louça na pia,levava 1 dia inteiro só lavando roupas (enrrolando óbvio),e fora outras coisitas que só de pensarjá fico pé da vida.
    e fora outras que passaram em minha vida,até ser roubada eu fui.
    hj eu me viro sozinha,estou grávida agora que eu vim pegar uma diarista,aliás ela começa hj.
    e logo logo vou começar correr atrás de uma doméstica,pois vou ganhar minha BB em agosto e vou fazer cesária ai já viu,eu tive as minhas outras 2 normal,e como será a minha primeira cesária,estou morrendo de medo.
    e no período do repouso precisarei de uma secretária do lar.
    então é isso,e força na peruca para todas nós sofridas e usadas e abusadas patroas.
    bjss á tds vcs meninassssss!

  10. Ceissa

    meninas voltei, lembram que escrevi que quando encontrasse uma máquina de fazer comida me livraria de doméstica de vez, pois bem encontrei a bendita máquina, na verdade é uma panela elétrica no mesmo formato da máquina de fazer pão, ela assa, cozinha, gratina, doura, frita, faz carnes, risotas, massas e outras delícias e ainda pode ser programada com 24 horas de antecedência para entregar a comida pronta e se quizer fazer a comida na hora é super rápida, vou dar o nome dela aqui, se chama panela elétrica hao weilai PNL 002, encontrei no site da stellari, mas vocês podem procurar no google colocando só o nome dela que vocês vão encontrar e o melhor custa somente R$284,00, já comprei a minha essa semana, estou feliz da vida.

  11. Vanessa

    Oi…Estou em casa…angustiada…e digitei no google como dispensar uma faxineira e encontrei esse site…Meu Deus…Ainda bem q não estou só! Trabalho em casa e meu marido fora…mas trabalho em casa como num escritório…Meu marido conseguiu me convencer de arrumar uma diarista…Para que! Além dela não fazer o serviço direito…fica conversando comigo, contando os seus problemas…eu não consigo trabalhar…Acho q como ela foi a minha primeira diarista…eu acabei criando muita confiança…Preciso ficar sem faxineira ou arrumar outra…Mas será que existe alguém que trabalha com honestidade!

  12. Ceissa

    Olá meninas, estou mesmo disposta a convencer de que é possível ficar sem doméstica, a minha casa agora está toda equipada, além do robô que limpa o chão, máquina de passar roupa sozinha, panela elétrica programada, agora comprei aquela vassoura elétrica que limpa no lugar da vassoura comum e acreditem é uma beleza, comprei mais uma panela elétrica da mallory que também pode ser programada com até 24 horas de antecedência e o melhor o manual é em português, comprei máquina que faz limpeza a vapor e sinceramente não estou sentido falta nenhuma de doméstica, tá tudo muito fácil.

    • Regina

      Olá, sou fã do blog e tb estou na batalha para tentar viver sem empregada (rs), gostaria de saber se o robô e a maquina de passar funcionam bem mesmo, e como adquirir o robô, sou fascinada por eletrodomésticos que facilitem a rotina. Obrigada.

  13. Vanessa

    Olá Meninas,
    Eu estava justamente procurando no google”problemas com a diarista” e encontrei este blog, amei logo de cara, me conforta saber que não estou só…
    Moro num ap e conto com os serviços da diarista a cada 15 dias, ela é super de confiança, o único problema é que a cada 15 dias ela consegue destruir alguma coisa na minha casa, e o que é pior, nunca me diz que quebrou… qdo eu encontro quebrado pergunto ao meu marido se foi ele só para não xingá-la antes injustamente…. além disso, nunca me atende quando peço para dar uma limpadinha nas paredes qdo tem alguma mancha localizada, coisas desse tipo, ela sempre acha ruim, no fim para não me indispor, acabo fazendo eu mesma… agora a infeliz cismou que não lava mais os panos que usa durante a limpeza, simplesmente põe de molho e deixa lá… sem falar dos produtos de limpeza que as vezes me parece que ela bebe, não entendo como consegue gastar tanto produto de uma só vez…. Afff… não sei o que fazer, pq no final das contas, todas elas são iguais….
    Abraços e boa sorte a todas!!!
    Na verdade, acho péssimo ter que deixar os cuidados da minha casa nas mãos dela porque ela nunca fará como eu, além do mais, como conciliar o trabalho, o marido, tantos compromissos com afazeres domésticos???

    • Glima

      Olá, Vanessa
      Lendo o seu comentário pensei ter sido eu mesma quem escreveu. Estou vivendo a mesma situação. Tenho uma diarista que vem duas vezes por semana, mas nunca faz as tarefas corretamente nem conclui a limpeza. Tira os objetos do lugar, mas nunca recoloca. Depois que ela sai, eu tenho que refazer tudo. Ela não sabe ou não quer passar direito as roupas e quando vou vesti-las tenho que repassá-las. O pior é que tenho que estar sempre pedindo para ela limpar onde está sujo; parece que ela não percebe a sujeira. Minha casa tem portas e janelas com vidros e, mesmo eu pedindo, ela nunca limpa. Ela varre a casa e passa o pano, mas quando vou verificar, ela não varreu atrás das portas, não passou o pano nos cantinhos e encontro até teia de aranha. Ela sai cedo e deixa a área suja, a bancada da cozinha sem limpar. Estou chegando a conclusão de que é melhor dispensá-la.

  14. Lilian

    adorei o seu blog e me identifiquei com ele! tá na minha lista de favorites e vou lê-lo de tempos em tempos.

  15. Darlene

    Andréia, vc se parece comigo. Cheia de paciência!
    Qdo. comecei a ler pensei que vc tinha feito a opção de não ter mais faxineira, mas logo vi que não. Estava pensando que tinha achado alguém que estivesse como eu. Explico. Há 23 anos tenho empregada, faxineiras, passadeiras, etc e tal. Agora cheguei a um ponto que estou sem empregada e adorando e sem faxineira e quase adorando. rs É que estou super cansada de gente em casa, cara feia, comida ruim, casa suja ou mal limpada e roubando minhas coisas.
    Minhas amigas dizem que estou doida. Mas como meus filhos cresceram e não tenho mais que engolir “sapos” estou ficando muito exigente e mando embora mesmo que seja boa (tipo a última) só que era grossa.
    Não desejo que ninguém fique como eu, pois sobra coisa demais pra mim. Ainda mais que moro em uma casa de 320m2, tenho cachorro e três filhos.
    Mas se alguém pensa como eu (vamos conversar – preciso de vc, preciso de dicas, ajudas, me identificar com alguém) e, se alguém não concorda, tente me convencer, pois eu mesma não estou conseguindo. kkkkkk Um abraço!

    • Oi Darlene!
      Ri muito com seu comentário! Passei um ano e meio sem faxineira, mas tive que voltar porque não estava dando conta… acho que tudo é o momento em que vivemos. Naquele período, me fez muito bem ficar sem ninguém, mas depois senti necessidade de alguém de 15 em 15 dias e contratei. Hoje, ela está vindo uma vez por semana, porque agora tenho duas empresas e estou trabalhando 14 horas por dia. O que importa mesmo é que estou bem assim. Já me conformei que a casa NUNCA estará do jeito que eu quero e que coisas do tipo piano, lustre e em cima dos armários nunca serão limpos se eu não pedir… mas tenho algumas dicas para seu caso. Num dos meus posts falo de uma leitora que me indicou uma máquina de passar roupa e um robô, no formato de um disco, que limpa a casa MUITO bem. Veja lá e me diga o que você acha da idéia.
      bjs!

    • Glima

      Darlene,
      Se você conseguir gerenciar sua casa, passe as dicas para mim, pois eu que moro em uma casa de apenas 214m2, não tenho filhos nem animais de estimação, não consigo dar conta dos afazeres sozinha. Tenho uma faxineira que vem duas vezes por semana, mas não estou satisfeita com ela. Quero dispensá-la, mas não tive coragem ainda.

  16. Simone

    OlÁ! Comprei a máquina de passar roupa agilisa e realmente funciona. É meio cara e voce tem que pegar as manhas dela , mas é super-boa. Estou querendo comprar o robot de limpar chão e a panela elétrica. A panela elétrica vale a pena? Vi pela internet uma que chama thermomix mas é muito, muito cara,q uase incomprável. Algém tem experiência com essas panelas?

    • Que legal!!!
      Nossa, fiquei com inveja de você e da Ceissa… hehehe. Olha, a Ceissa disse que não vale a pena comprar a panela cara. Ela comprou esta primeiro e depois comprou uma barata, e as duas funcionam exatamente iguais. Veja nos posts antigos qual a marca da baratinha, pois não tenho de cabeça. Estou priorizando o iRobot na minha wish list, pois tem sempre muita grama na minha casa, além do pêlo do gato… seja feliz com seu brinquedo novo!!!

  17. Daiane

    Este blog é o melhor que já li. O assunto realmente é voltado para os problemas que muitas patroas sofrem com os abusos e falta de profissionalismo de quem hoje quer apenas o salario, como se fossemos obrigadas a ter que sustentar quem é malandro e gosta de ganhar a vida facilmente! Além de tudo as mulheres aqui postam suas experiencias, descrevem suas revoltas sem perder a boa educação. São todas modernissimas mulheres e muito contribuiu para eu ter conhecimentos de eletronicos a qual eu desconhecia.
    Obrigado por vc existir! Obrigado pelo blog!!!! Postem mais e mais…
    Beijos com carinho.

    Daiane, 25 anos / São Paulo – Capital.

  18. Adriana

    Cheguei a uma conclusão, estamos reféns das faxineiras e empregadas que nos cercam.
    Estou com um dilema sobre dispensar ou não a faxineira, já que está tão difícil encontrar outra. Há pelo menos um mês o pior dia da semana é quando é dia da faxina, explico: ela é do tipo que reclama da vida o tempo todo, e como fico em casa (estudo para concurso) ela fica me atrapalhando, reclamando do marido, da filha, da outra patroa e da dor de cabeça que com certeza é um aneurisma, esqueci de mencionar o tanto que é exagerada.Sem falar que criou comigo uma intimidade que nunca dei, já até me chamou de gorda, não sei como me segurei.
    Acho que a ideia de ter que arrumar a casa e passar roupa me fez desenvolver um jeito zen de lidar com uma pessoa tão incoveniente.
    Hoje resolvi jogar no google, como diversão, o que teria que fazer para dispensar a faxineira, na verdade procuro alguém que resolveu assumir a limpeza da própria casa.
    Afinal é isto que vou fazer a partir da próxima semana, hoje sem dúvida é o último dia da faxineira.

    • Olá Adriana!
      Olha, eu fiquei um ano e meio sem ninguém, nem faxineira, e fui muito feliz neste período. Depois, minha vida deu uma enrolada, porque abri mais um negócio, então, não teve jeito, tive que contratar uma faxineira novamente, mas confesso que, exceto pelo fato dela acumular camisas do meu marido no cesto de roupa suja e eu ser obrigada, de vez em quando, a sair correndo pra comprar algumas, porque ele está sem roupa para trabalhar, no geral, a coisa está funcionando bem.
      bjs!

  19. Lara

    Que bom que não sou a única com problema com faxineira. Já troquei de faxineira como quem troca de meia. Não sei quantas eu já contratei. A última está me dando nos nervos, não está limpando nada, quer sair às 15h30 da tarde e ainda por cima só me dá coice. Fora que me deu um coice na frente da corretora que estava fazendo avaliação do apartamento. Estava de boa porque ela estava tendo problemas com o marido que não gosta da labuta e ainda estava traindo ela. Porém, pelo jeito que o meu apartamento está, acho que nem ela. Estou pensando seriamente em começar a me programar melhor e fazer eu mesma a faxina. Vou aderir ao seu blog, mais uma pessoa sem faxineira.
    Muito obrigada pelo site do desabafo…. Achei o máximo.
    Um abraço,
    Lara

    • Oi Lara! Adorei a definição “site do desabafo”!
      Vamos por partes:
      1) Problema na casa dela não justifica falta de educação. Quando chega neste ponto, já passou do tempo de mandá-la embora… hoje em dia, eu não sei nada que se passa na casa da minha atual faxineira, pois evito conversas pessoais, me limito ao trabalho dela. Pense nisso para a próxima faxineira. Se ela começar a falar da vida, peça licença e finja que precisa dar um telefonema. Parece frieza, mas é auto-proteção.
      2) Eu fiquei um ano e meio sem ninguém, nem faxineira, pois precisava ficar longe de qualquer empregado doméstico, por um tempo. Depois, como o trabalho no escritório dobrou, coloquei uma de 15 em 15 dias. Hoje, como estou viajando muito, ela está indo toda semana. De qualquer forma, o tempo tem que ser aquele que faça você se sentir bem. Se, agora, ter alguém na sua casa vai lhe incomodar, fique mesmo sozinha, mas saiba que a sua rotina vai precisar ser bastante rígida. Dia de lavar roupa é dia de lavar roupa. Dia de varrer é dia de varrer. Agora, dia de passar roupa, eu mandei para o espaço e nunca mais andei de roupa passada!
      Bjs e estamos aqui, para o que der e vier!

  20. Gabriela

    Nossa adorei este blog , estou na mesma situação . Dei muita liberdade para minha faxineira que vem 2 vezes por semana. Ela conta as coisas que se passa dentro de minha casa para outras pessoas e das outras que ela trabalha fica querendo que eu saiba também . Eu hein tomara tomas conta da minha !!! Estou sem jeito de manda-la embora ela já esta comigo a mais de 4anos . Mas mente demais e essa coisa de leva e tras não esta dando certo , pessoa desse jeito não em como confiar .

    • Oi Gabriela!
      Olha, esse negócio de leva-e-trás acontece com todas, infelizmente… se for apenas este o problema dela, pese se faz uma boa faxina pois, isto sim, está dificílimo de encontrar. A minha, por exemplo, vive dizendo que caiu da escada para justificar serviço mal feito e acha que eu acredito. Agora, se a fofocada e a mentirada lhe incomodam muito, boa sorte, pois eu não conheci nenhuma que não fosse assim.

  21. kika

    gente é o seguinte vocês estão cobertas de razão mais não era mais fácil se vocês antes de contratar as faxineira sentar e conversa por exemplo combinar hora o que você gosta de como deve ser feita a limpeza olha tudo depois da faxina e anotar tudo que não foi feito e se ainda estiver no horário dela mandar ela fazer e se não der pra ela fazer na quele dia fazer no pro cimo vocês tem que entender que é impossível uma faxineira fazer tudo no dia só deixar clara as coisas e botando ela do seu jeito é o que eu acho espero que tenha ajudado ass. kika

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s