O gato subiu no telhado… da casa da minha faxineira!

Nova função do "Putz"

Pois é, tive que arrumar mais uma função para minha lista de compras da porta da geladeira… pior foi que não adiantou muito. Pelas coisas que eu tive que listar para a faxineira fazer, vocês já podem perceber que o serviço tem ficado uma porcaria.

Ela era muito boa, no começo, mas, de uns tempos para cá, acho que está fazendo duas faxinas no mesmo dia. Como eu tinha um acordo, sugerido por ela, de pagar por fora as camisas do meu marido que ela passasse, além de sair cedo, ela está perdendo um tempo enorme passando camisa, pois é extra, e deixando o resto de lado, que já é dinheiro garantido…

Ontem, quando deu 13h, ela disse que estava passando mal e foi embora. Claro que ela foi correndo para a outra faxina! Eu a vi de manhã e não tinha nenhum sinal de doença.

Na próxima semana, vou ver o que acontece. Se continuar da mesma forma, vou cancelar as camisas, pois ela está fazendo as coisas tão correndo que esquece lugares sujos, acumula roupa e até quebrou minha lixeira de recicláveis, que é caríssima. E acho que vou acabar cancelando todo o serviço, pois nunca vi faxineira melhorar depois que patrão reclama de serviço mal feito…

13 Comentários

Arquivado em Uncategorized

13 Respostas para “O gato subiu no telhado… da casa da minha faxineira!

  1. Val

    Todas começam muito bem…a minha ea ótima no inicio ,agora resolveu compartilhar a ração da minha cadela com o cachorro dela……além claro de não fazer o serviço direito….

    • Daiane Sp/ Capital

      Pelo visto este “probleminha” é minimo se comparado a sua empregada querer trabalhar por apenas 5 horas diárias, não cozinha e acha ruim quando vc chama atenção dela…
      Sabe qual a pérola?
      Eu pedi com educação:
      Vc limpa a parede que esta suja com marca dos moveis.
      Resposta: parede não se lava, se pinta!*
      (…)
      Eu devia ter dito:
      Adiantamento do salário jamais!
      Mas esperei levar o pé na b*.

  2. Daiane Sp/ Capital

    Vc pensa em dispensar? Não esta satisfeita? Faça isso agora mesmo, ñ espere que ela chegue até vc e diga: procure outra pessoa porque não vou trabalhar mais as ‘exigencias’ (oi?) são muitas!!!. HA! Isso aconteceu hj agorinha comigo! Ninguém claro é obrigado a trabalhar, mas ela não pensou nos 3 filhos que tem, no ‘marido’ preso recentemente e no lugar onde mora que esta deplorável….e principalmente em toda a ajuda que dei para ela, pagando contas atrasadas de luz, loja marisa, cesta básica, produtos de higiene, estojo de maquiagem, creme, perfume para as crianças….ufa!* são tantas ajudas que quanto mais eu falo mais eu me sinto uma OTÁRIA!

    • Calma Daiane, calma…
      sei como você se sente, também já fiz como você, ajudei com muita coisa e me ferrei. Não me arrependo, hoje penso que se eu fiz porque achava que devia, errada foi a pessoa que não soube ser grata, não eu que ajudei! Isso não quer dizer que eu não tenha ficada mais “seletiva” nas ajudas. Hoje, eu pondero todos os pedidos e só faço o que eu acho humanamente necessário. Por exemplo, na lista acima, hoje eu só teria dado cesta básica e talvez, pago UMA conta de luz. Não se culpe por ter feito uma boa ação. Bjs!

  3. Daiane Sp/ Capital

    (suspiro)..pausa! reflexão…para eu não chegar á terapia.
    Aliás isso daria uma boa sátira: terapia > ter-a-pia cheia de louça para lavar (risos)! Eu vou novamente procurar alguém que além de precisar de emprego, acima de tudo goste de trabalhar porque isso realmente esta sendo cada vez mais raro…
    Tempos atrás contratei uma agência conhecida aqui em Sp, uma verdadeira pouca vergonha, para ñ dizer outra coisa. Paguei e fiquei sem cadidata fixa. Depois de ter acessado inúmeros anúncios na internet de diaristas, mensalistas e folguistas o ano inteiro …desisti! Hoje fiz o seguinte: imprimi uma boa quantia de folhas e com endereço de e-mail e número de celular (chip temporário) para entrarem em contato! Não se preocupe, ninguém irá entrar em casa sem antes eu conferir antecedente criminal e tirar xerox do comprovante de residência. Mas cansei de agencia e sites de classificados gratuitos. Em cada ponto de ônibus aqui no bairro tem uma folhinha de anuncio meu! (muitos risos)!

  4. Daiane / SP

    Precisava voltar aqui para dizer que encontrei uma nova mensalista.
    Mais reservada sem deixar de ser simpática, não dou mais espaço para liberdades que antes sempre prejudicou.
    1• ela não tem a chave.
    2• vem trabalhar quando estou em casa. (para quem não sabe: eu só estudo)!

    Então de segunda-feira eu chego por volta das 13h, ela começa esse horario e vai ate 18h. Não me sinto mal em oferecer fruta, suco, lanche para ela comer…
    Afinal não vou estragar meu regime! hahaha muito menos cozinhar para ninguém!!!
    Deixei claro, sabe cozinhar? Não?! Então não chegue perto da geladeira, dispensa ou fogão.
    Já falei: não mude de lugar o que já esta guardado de costume e antes que pense em
    arrumar olhe antes onde deve volta-lo.
    E a bolsa dela permanece no sofá sempre aberta até que o trabalho acabe.
    Não usa uniforme… Mas sempre com os cabelos presos durante o serviço, para não ficar soltando fios por todos os cômodos.
    Durante a semana ela trabalha por 5h.
    Claro, somos apenas 2 pessoas em casa…
    Mais fácil que isso?

    • Parabéns! É assim que se começa bem uma relação. Tudo às claras e combinado antes, até para ela ter o direito de não querer ficar! Também não quer dizer que, com o passar do tempo, você não terá que reforçar o combinado, mas sem estresse, sempre falando “quando combinamos o serviço eu lhe disse que…”.

  5. Daiane / SP

    Ah, obrigado pelo parabéns. (risos)…
    Estou sempre preocupadissima. Imagino quando ela estiver registrada e começar a fazer como a outra fulaninha*, vacalhar no serviço e agir como se estivesse me fazendo algum favor, tudo na mais possível má vontade.
    Acredita? Era assim mesmo.
    No momento por enquanto esta no mês de experiência.
    Sem contar que a guria tem 23 anos, 2 filhos, casada e a probabilidade de engravidar sempre vai ser imprevisivel. Aja coragem. Mas a necessidade e pavor do serviço doméstico me obriga aceitar até os cigarros! Ela fuma…vê se pode? Disse na maior tranquilidade…sem medo de perder a vaga! haha.
    Coloquei ela para fumar na sacada….erro total.
    Mas por tempo limitado porque pretendo colocar uma gaiola para casal de passarinhos e não irei permitir ela intoxicar os bichinhos.
    Pretexto? Quem sabe…
    Ela que desça e vá fazer companhia ao porteiro!
    Mas para surpresa dela não é permitido fumar em qualquer dependencia do condominio, já que prevacele a lei e o lugar é parcialmente aberto.
    Resumindo:
    Fumar? Apenas do portão para fora…
    Até vi algumas nesta situação….no sol, calor…fumando na calçada…
    tsc, tsc, tsc que triste.

    • Não mande ela fumar lá embaixo, senão você terá só metade do tempo de serviço! Ela parece fumante inveterada e este tipo de dependente químico costuma fumar a cada 45 minutos e perde cerca de 20 minutos fumando. Faça as contas… é melhor desistir do passarinho! hahaha! Estou brincando, mas pense numa alternativa do tipo, ela fumar na janela da cozinha.

  6. Daiane / SP

    (ham é verdade) E agora?
    Ela vai na sacada e fuma até a metade do cigarro…volta depois de fazer alguma coisa e fuma o restante do cigarro. Não fico vendo se ela fuma metade ou não, diz ela que é assim, porque fui perguntar como ela consegue fumar tanto…
    Já avisei que ela sendo fumante e tomando anticoncepcional mês a mês pode ficar hipertensa, ter problema cardivascular, trombose, varizes e quem sabe um acidente vascular cerebral.
    Cideeenha não ouve meus conselhos e fuma feito uma….
    Mas ela mesma fede a cigarro…não adianta. Por onde ela passa fica o cheiro.
    Na cozinha amiga, ninguém merece. Vai acabar fedendo a area de serviço e as roupas vai ficar uma delicia com o cheiro do cigarro.
    Meu marido disse para eu restringir o cigarro para 1 por dia, se ela quiser ficar…
    Mas não é ele que teme a perda de uma empregada, pois não se importa em viver na bagunça. Já ouviu dizer como é restaurante de chinês? hahaha, se depender deles não seria diferente em casa!
    Eu tenho pavor só de imaginar a casa predominando no caos. Porque eu não sou amelia, nunca fui e não vou ser. Lamento.

    Mas eu sei que vc tem uma solução blindada para me dar.

    • Você não pode restringir o número de cigarros, como sugeriu seu marido, é contra a lei. Impressionante como homem vive no caos sem o menor problema! O que as empresas têm feito é evitar contratar fumantes, pois sabem que eles perderão tempo demais de trabalho, para alimentar o vício. E dar sugestões de vida saudável a viciados, lembrando as doenças que eles podem contrair, é pregar no deserto… se desse certo, ninguém usaria cigarro, álcool ou drogas. Dependente químico só pára quando chega no fundo do poço. E ela não parece ter chegado, ainda… sua única solução é colocar o passarinho na janela da cozinha.

  7. Cibele

    Caras, leitoras, vocês me deram uma luz…
    Em casa, moram 4 pessoas, e adivinhem, só eu de mulher, que trabalho muito. Sempre fui muito organizada com a casa, e tal, etc, blá,blá. Porém estou passando por um dilema. Demiti minha útima empregada, que ficou quase um ano, por furto, e outras coisinhas a mais.. coloquei uma câmera na cozinha, que se parece com um alarme e peguei atitudes extremamente desagradáveis. Não demiti por justa causa, paguei todos os direitos, muito choro, e blablá. Em um mês, estou na segunda empregada( é boazinha, mas esconde roupa suja no closet..), que está me tirando o sono, e com as dicas descritas aqui, tomei uma boa dose de coragem, e irei dispensá-la. Fiz um planejamento em família, acabei de adquirir uma lava louça..Emfim, não vou ser mais dramática, mas que esse blog, me deu uma grande força…ahhh isso sem dúvida. Agradecidissíma( nem sei se essa palavra existe…rsrsrs) e um grande obrigada e um forte Abraço!!!

    • Natália

      Este blog está me confortando bastante!
      Tb tenho perdido o sono devido a probleminhas com a faxineira.
      A pessoa trabalhava para uma amiga, de extrema confiança. Passou a trabalhar pra mim, pouco tempo dpois (devido à fofoca), foi mandada embora da casa da minha amiga, aprontou o maior escarcéu e eu por dó indiquei para minha sogra.
      Começaram, então, as sucessivas fofocas, leva-e-trás e provocação de desentendimentos.
      O maior motivo foi qdo reivindiquei, através d bilhete na geladeira (duas laudas d A4), a melhora na faxina – q estava uma porcaria!
      O grande erro foi tratá-la como uma pessoa d caráter q, infelizmente, ela não é. Obviamente, existem pessoas boas, mas não tive o discernimento d distinguí-la.
      Meus problemas são bem parecidos com os citados acima: má vontade, cigarro (minha casa e roupas fedem), intromissão em minha vida pessoal e etc.
      Minha sogra, inclusive, pegou-a dormindo durante o horário d trabalho.
      A lição q aprendi é q a relação d empregador/empregado não deve se aproximar (d forma alguma) da relação d amizade, afinal meu patrão sabiamente nunca me tratou como amiga.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s